sexta-feira, 11 de novembro de 2011

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE ABSOLVIÇÃO DE GALEGO CARNEIRO POR FALTA DE PROVAS EM DUPLO HOMICÍDIO


Galego Carneiro que foi absolvido
 Ao contrário do que a grande massa esperava, Aguinaldo Benevides Carneiro, o Galego, foi absolvido da acusação de duplo homicídio em Caraúbas, ocorrido há 11 anos.

As vítimas foram o médico João Pereira da Silva, da família Simião, e Valquíria Batista. Além de Galego, também várias outras pessoas, inclusive Valdetário Carneiro, foram denunciados.

Galego é um dos poucos acusados deste duplo homicídio que está vivo. Estava preso no Ceará e foi transferido para Mossoró no mês de dezembro do ano passado.

Levando ao banco dos réus, Galego negou participação no crime. Disse que estava no Rio de Janeiro. Uma testemunha afirmou que ele não estava entre os assassinos de João e Valquíria.

Por falta de provas técnicas que contraditasse as provas testemunhas, o promotor Armando Lúcio Ribeiro pediu a absolvição do réu. O advogado de defesa fez apenas os cumprimentos.

Entretanto, Galego não será solto. Ainda terá que cumprir prisão por vários outros crimes que ele praticou e outros que ele apenas é acusado pela Polícia.
Fonte: Retrato do Oeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário