domingo, 12 de outubro de 2014

QUAL SERÁ A COR DA PRÓXIMA CAMISA QUE HENRIQUE ALVES VESTIRÁ EM PAU DOS FERROS PARA TENTAR AGRADAR NILTON, GUSTAVO, GETÚLIO E LEONARDO?


Mesmo com o Ex-prefeito, Leonardo Rêgo, e o Deputado Estadual, Getúlio Rêgo, estarem tentando passar a todo custo para a população, através da mídia, que não estão mais "juntos e misturados" com o Ex-prefeito, Nilton Figueiredo, e o Deputado Estadual, Gustavo Fernandes, no palanque do candidato a governador Henrique Alves (PMDB), tomei conhecimento que nada mudou. Todos os políticos citados acima permanecem "abraçados" ao projeto do líder peemedebista.

Ademais, o questionamento que impera nas esquinas da cidade agora é o seguinte: Quando Henrique Alves virá a Pau dos Ferros novamente e, se vir, qual será a cor da próxima camisa que vestirá? 

Só relembrando, todas as vezes que Henrique passou pela cidade no primeiro turno o estrago para a sua postulação foi enorme, e tudo por causa do seu estranho troca-troca de camisas na tentativa de agradar os bicudos e bacuraus pau-ferrenses, que não entenderam muito bem porque Nilton, Gustavo, Getúlio e Leonardo passaram tantos anos em palanques opostos (se digladiando), mas, agora, estão defendendo o mesmo candidato ao Governo do Estado.


Só para se ter uma ideia de sua postura nada convencional, o candidato do PMDB deixou de lado o uso de sua tradicional camisa "verde-esperança", que simboliza o legítimo bacurau, para utilizar outras com cores variadas (até uma bicolor apareceu), fato que não foi perdoado pelo seu opositor, Robinson Faria, que, quando veio à cidade, disse que o postulante do "acordão" estava desbotando.

Agora, sobram dúvidas com relação a cor da próxima camisa que Henrique Alves vestirá nas próximas oportunidades em que passar por Pau dos Ferros. As opções são muitas, já que, segundo comentários, o peemedebista anda com um verdadeiro estoque dentro do carro. De acordo com a cidade e as conveniências, ele veste a que mais lhe apraz.

Sei não, viu. Todavia, entendo que agindo dessa forma, ficará difícil para Henrique falar em coerência na terra de Nossa Senhora da Conceição, não é mesmo?

Que dureza...


Do política Pauferense 

Nenhum comentário:

Postar um comentário