quinta-feira, 30 de abril de 2015

A “INTRANQUILIDADE” DO PMDB DE RIACHO DA CRUZ PARA 2016?!

Com a divulgação de uma matéria no blog “do Raniele Gomes” reproduzida por este meio de comunicação (Riacho da Cruz de Fato), em que o blogueiro olhodaguense Raniele Gomes flagra uma conversa bastante descontraída da chefe do executivo riachocruzense com o senador do PMDB Garibaldi Filho, fato em que este blog foi acusado de fazer parte de uma mídia movimenteira, mal assessorada, que tenta confundir e distorcer os fatos. Confira a matéria  clicando aqui.

Pois bem, não é de hoje que o PMDB riachocruzense vive a expectativa de ter ou não o apoio do PMDB estadual no pleito vindouro, pois não precisamos forçar muito nossa memória e reportamo-nos ao pleito de 2014 quando o candidato derrotado ao governo do Estado Potiguar, Henrique Alves, impôs aos peemedebistas locais uma coligação entre seu partido e o DEM riachocruzense, onde o candidato derrotado Henrique Alves ignorou o acirramento político entre DEM e PMDB e fez valer sua vontade, ou seja, coligou essas duas agremiações e o resultado todos já sabem, Henrique perdeu a eleição e foi consolado com um ministério de pouca expressividade politicamente falando.

Henrique Alves antes das eleições de 2014 fez algumas aparições públicas na cidade, já durante a campanha fez sim uma visita a cidade mas contemplou à época a prefeita Bernadete Rêgo em sua residência, ignorando seus liderados. Já o senador Garibaldi, este não se deu o trabalho de vi a nossa cidade, aliás, salvo engano, este senador veio a nossa cidade na campanha de 2010 quando postulava uma vaga de senador e o mesmo disse em cima do palanque da atual prefeita que em eleições passadas não tinha nem onde ficar quando vinha a Riacho da Cruz.

Gustavo Fernandes e Walter Alves nenhuma influência teria em qualquer decisão tomada pela executiva estadual do PMDB na nossa cidade, isso porque Gustavo Fernandes em 2014 teve que engolir uma coligação em seu principal berço político Pau dos Ferros, e hoje corre o risco de perder seu maior apoio Pauferrense, pois circula na Região Oeste que o PMDB desta cidade estaria sendo tomado de Nilton Figueiredo e entregue ao empresário “Xavier Pneus” para uma provável coligação com Leonardo Rêgo, fato em que selaria um rompimento entre Nilton e Gustavo Fernandes, e Walter Alves? Há sim, já ia esquecendo, Walter Alves andou em nossa cidade apenas duas vezes e em período eleitoral, fato em que o descredencia para interferir em qualquer decisão tomada em relação ao PMDB local.

Portanto, amigos, não nos deixemos enganar por aqueles que acusam a mídia de movimenteira, de mal assessorada que tenta confundir e distorcer fatos, pois contra fatos não há argumentos e se não há argumentos cito-lhes o doutrinador Nestor Távora em que diz “nos casos em que não se tem o conhecimento é melhor calar”.

Bernadete Rêgo em sua residência quando recebeu o hoje candidato derrotado ao governo Henrique Alves

Bernadete e seu irmão em campanha eleitoral em 2014 para o ex-candidato Henrique Alves 

Após as eleições majoritárias Bernadete é recebida por Henrique Alves em Brasília 
Nota do blog: Contra fatos não há argumentos. 
Entre em contato!
a.adrianofp@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário