sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

CORONEL ARAÚJO FORA DA PM?

O boato surgiu na tarde de ontem, nas redes sociais.

O coronel Francisco Araújo, comandante geral da Polícia Militar, estaria exonerado por decisão, faltando somente a determinação no Diário Oficial do Estado.

Uns diziam que ele pedira para sair, pois seria candidato a deputado estadual ou federal. Outros, que Araújo ocuparia a secretaria de Defesa Social, no lugar de Aldair da Rocha.

No lugar do atual comandante, já estaria definida a ascensão do coronel Francisco Canindé de Freitas, atualmente comandando o Policiamento de Trânsito.

Assim que o conversê surgiu liguei para o coronel Araújo que negou duramente qualquer possibilidade de ele pedir exoneração do comando da PM. Muito menos para sair candidato a nada. “Meu amigo, eu não sou candidato nem a síndico. Sou um homem político, por trabalhar pelo bem público, mas não sou partidário”, afirmou.

Quanto a assumir a Sesed, ele também nega a intenção, e afirma que Aldair da Rocha é o homem mais capacitado no estado para assumir tal função.


Agora.. quanto a ser retirado do comando, claro, ela não poderia afirmar nada. “O cargo está nas mãos da governadora. Ela tem o direito de escolher o que é melhor para o estado. Fico até o dia que ela quiser, e qualquer um dos outros onze coronéis pode me substituir”, explicou.

Bom, pelo menos no Diário Oficial desta sexta-feira não saiu a exoneração do comandante.

Agora, na minha opinião, o cel. Araújo já devia ter pedido para sair há muito tempo. O cara que chegou a ser mantido no cargo a pedido da tropa, pela competência, pelo respeito, e pela simplicidade, não merecia passar o sufoco de tentar dar segurança a todo um estado sem qualquer condição. Sem um centavo de grana. Levando nas costas a responsabilidade de uma violência que ele combate com o sangue, mas sem estrutura e sem consideração dos políticos.

Hooooooooooooooomi, coronel Araújo, vá descansar, cuidar da sua família, da sua paz, é o melhor que o senhor faz. Conselho de um cara que te admira.

Do blog do JCKSON DAMASCENO

Nenhum comentário:

Postar um comentário