quarta-feira, 6 de agosto de 2014

TRE REJEITA CANDIDATURA DE FRANCISCO JOSÉ

Francisco José, quando no início da campanha acreditava na homologação de sua candidatura
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou o pedido de registro de candidatura a deputado estadual, do ex-deputado estadual Francisco José (PROS).

O relator da matéria, juiz Verlano Medeiros, votou pelo indeferimento.

Foi seguido pelos demais membros do plenário, à unanimidade.

Todos acataram parecer contrário ao acatamento da candidatura, que fora apresentado pelo procurador regional eleitoral, Gilberto Barroso.

O candidato pertencia aos quadros do PMN. Para ser candidato a qualquer cargo eletivo, este ano, por outra sigla, teria que mudar oficialmente até 5 de outubro de 2013.

Documentos apresentados foram divergentes e há suspeita de fraude num cartório de Natal.

Na última quinta-feira (31), Francisco já suspendera atos de campanha, à espera do julgamento. Pressentia esse desfecho.


A decisão é um baque para o prefeito mossoroense Francisco José Júnior (PSD), seu filho. Trabalhava para que ele tivesse pelo menos 25 mil votos em Mossoró e cerca de 22 mil – ou mais – em outros municípios. Trabalhava em mais de 30.

Nota do Blog – Se o caso partir para apuração de suposta fraude, em documentos, num cartório natalense, meio-mundo pode vir abaixo.

Se ficar só na exclusão do candidato, da disputa, o estrago é ínfimo.

Entre em contato!
a.adrianofp@gmail.com
Fonte: Blog do Carlos Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário