quarta-feira, 9 de abril de 2014

GOVERNO DA "ROSA" PODERÁ TER TERCEIRO ÓRGÃO COM INTERVENÇÃO JUDICIAL

Policiais Civis Pedem Intervenção na Segurança Pública do RN.

Pedido foi protocolado nesta quarta na Procuradoria Geral de Justiça. Dossiê ainda será encaminhado à Fifa e delegações de seleções de futebol.

Primeiro órgão do Governo a passar por uma intervenção judicial foi o Hospital da Mulher, localizado em Mossoró, posteriormente foi a vez da FUNDAC e agora poderá ser a Polícia Civil a próxima a ter uma intervenção por parte da justiça.

O Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN) protocolou na manhã desta quarta-feira (9), na Procuradoria Geral de Justiça, pedido de intervenção na segurança pública do estado. De acordo com Renata Pimenta, uma das diretoras do Sinpol, o pedido encaminhado ao procurador geral Rinaldo Reis acompanha um dossiê sobre a atual situação da Polícia Civil potiguar. Segundo Renata, o levantamento também será entregue ao comitê da Fifa e cópia serão enviadas às delegações das oito seleções de futebol que virão jogar em Natal na primeira fase da Copa do Mundo.

“Estamos traduzindo o relatório para o inglês e espanhol. Até a próxima segunda-feira (14), deveremos encaminhar o dossiê às delegações dos Estados Unidos, Itália, Uruguai, México, Camarões, Gana, Japão e Grécia - seleções que virão a Natal para o Mundial”, confirmou a diretora.


O G1 procurou o secretário estadual da Segurança Pública, mas a assessoria de imprensa do órgão informou que Eliéser Monteiro está viajando.

Ainda de acordo com a sindicalista, o dossiê será encaminhado ainda para a Organização das Nações Unidas (ONU) e outras organizações internacionais ligadas aos direitos humanos. As reclamações do Sinpol, segundo ela, dizem respeito à estrutura precária do sistema de segurança pública no Rio Grande do Norte. “Os policiais estão impedidos de investigar e a culpa não é deles; é da má gestão e da falta de investimentos”, afirma Renata Pimenta. “Chegamos ao fundo do poço”, completou.

A reclusão de presos em delegacias, estruturas precária dos prédios das DPs e falta de profissionais são as principais queixas apresentadas pela categoria. “No ano passado, o governo estadual destinou somente R$ 1,3 milhão para a Polícia Civil”, relatou Renata Pimenta.

A Copa do Mundo começa no dia 12 de junho. Natal irá receber quatro jogos do Mundial. O primeiro será entre México e Camarões, no dia 13 de junho. No dia 16, jogam Gana e Estados Unidos. As seleções do Japão e da Grécia se enfrentam no dia 19. E a Arena das Dunas ainda será palco do clássico entre Itália e Uruguai, partida que acontece no dia 24 de junho.


Do G1/RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário