domingo, 1 de junho de 2014

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO DE COMERCIANTE QUE AMEAÇOU JUIZ DE MORTE EM PAU DOS FERROS

Empresário teria ameaçado juiz trabalhista da cidade de Pau dos Ferros. Decisão diz que ex-empregados foram coagidos a desistir de processos.

A Justiça Federal decretou a prisão preventiva de um comerciante por ter feito ameaças de morte a um juiz trabalhista de Pau dos Ferros, na zona Oeste do Rio Grande do Norte. A decisão é do juiz Orlan Donato Rocha, titular da 12ª Vara Federal, que determinou uma busca e apreensão na casa do empresário para apreender armas, munições ou outros acessórios.

 “A situação delineada nos autos é deveras consideravelmente grave, a exigir uma resposta estatal com vistas a evitar que vidas sejam ceifadas, e que cidadãos sejam privados de exercitar seus direitos constitucionais básicos, tais como direito às verbas trabalhistas decorrentes de despedida com, ou sem, justa causa”, escreveu o juiz federal.


Para Orlan Rocha, a ameaça ao juiz "afeta sobremaneira a credibilidade da instituição do Poder Judiciário, com grande potencial de gerar a descrença no Poder Judiciário por parte da população local, afetando a idoneidade da Justiça - que se constitui em valor essencial à sociedade -, bem como a regularidade da prestação do serviço público”, destaca o magistrado.

O juiz acrescenta nos autos que dois ex-empregados do comerciante também foram coagidos a desistir dos processos. De acordo com o magistrado, e estas e o Juiz do Trabalho, foram ameaçados de morte, de forma séria e concreta."
Do G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário