sábado, 25 de junho de 2011

GOVERNO DO RN VAI CORTAR PONTO DOS SERVIDORES EM GREVE

O Governo do Estado decidiu que punirá no bolso o servidor em greve. Ontem, confirmou que descontará os dias não trabalhados por causa da paralisação. A Secretaria de Estado da Administração solicitou às demais secretarias as folhas de frequência dos servidores para levantar faltas e efetivar os descontos no pagamento de junho.

O secretário da Administração, Anselmo Carvalho, justifica a decisão ao esgotamento da possibilidade de diálogo com os servidores em greve, justificando que o governo já apresentou todas as propostas dentro das suas possibilidades jurídicas e financeiras, que não foram aceitas pelas categorias. Com isso, as negociações estão encerradas.
 
O corte no ponto atingirá agentes e escrivães da Polícia Civil, professores da rede básica e da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), servidores da Fundação José Augusto, parte dos funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e ainda os servidores da Empresa de Extensão Rural do RN (EMATER) em Natal.
 
Segundo o chefe de Gabinete Civil do Governo do Estado, Paulo de Tarso Fernandes, trata-se de uma decisão meramente administrativa. Segundo ele, o Governo do Estado vai apenas cumprir o que determina a lei. Com isso, os dias não trabalhados serão descontados dos grevistas já no próximo contracheque, segundo Paulo de Tarso. 

Fonte: O Mossoroense

Nenhum comentário:

Postar um comentário