domingo, 1 de abril de 2012

A FRIEZA DO HOMEM: HOMICÍDIO NA CIDADE DE MOSSORÓ

As vezes fico impressionado com a frieza do ser humano e um fato ocorrido hoje nos fez refletir mais ainda sobre tal frieza. Estávamos no nosso serviço normal no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), onde assumimos o serviço às sete horas da manhã e que encerraria às 19 horas.

Por volta das 11 horas da manhã o CIOSP recebeu uma informação repassada por uma equipe do SAMU de que uma pessoa tinha sido alvejada por arma de fogo na rua Maximino Gregório de Medeiros, nº 197, bairro Barrocas em Mossoró, fato em que foi enviado uma viatura ao local e confirmou a veracidade do fato.

A vítima foi identificada como sendo Aldivan Tomás de Aquino de 49 anos,vulgo “Van Van”, morto com um disparo de arma de fogo na cabeça, onde ainda chegou a ser atendido pela SAMU, porém quando a equipe médica chegou “Van Van” já tinha vindo a óbito, não resistindo aos ferimentos.

Mas o que nos chamou a atenção foi o fato de que, segundo informações repassadas a polícia, vítima e acusado passaram a noite anterior deste sábado para o domingo, 01 de abril, bebendo e boa parte do dia de hoje, onde por volta das onze houve o desentendimento e o acusado efetuou o disparo contra “Van Van” lhe atingindo de forma letal.

O ITEP foi ao local e conduziu o corpo para a sua unidade pericial, onde após os exames de necropsia foi liberado para a família.

Após termos conhecimento deste fato ficamos a pensar o quanto o homem é frio, calculista e sem escrúpulos, (veja as imagens clicando em mais informações).
Por Antônio Adriano
Fotos salvas no blog Passando na Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário