quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

PM É PRESO EM NATAL SUSPEITO DE VENDER MILHAS AÉREAS QUE NÃO EXISTEM

Delegado titular da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações, Júlio Costa, confirmou que investigação prossegue (Foto: Ricardo Araújo/G1)
Delegado Júlio Costa confirmou prisão do PM
Um soldado da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, de 35 anos de idade e apenas dois de corporação, foi preso na manhã desta quinta-feira (20), na Grande Natal, suspeito de estelionato. Segundo o titular da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações, delegado Júlio Costa, o PM responde há vários inquéritos na Polícia Civil e sindicância instaurada na Corregedoria Geral de Polícia por realizar simulações fraudulentas de venda de milhas e passagens aéreas.

“Ele mantém um anúncio na internet onde oferece milhas e passagens. As vítimas pagavam, recebiam um boleto como comprovante e, quando procuravam as empresas aéreas, descobriam que tudo era um grande golpe. Muitas pessoas chegaram e descobrir que tinham sido enganadas quando já estavam no aeroporto”, revelou o delegado.
Ainda de acordo com Júlio Costa, entre as vítimas do soldado estão colegas de farda, que trabalham com ele. “Ainda estamos fazendo um levantamento da quantidade de pessoas que ele lesou e o montante em dinheiro que ele possa ter faturado enganando as pessoas”, acrescentou.

A prisão do policial militar aconteceu na sede do próprio quartel onde ele é lotado, no 4º Batalhão da PM, na zona Norte da cidade. Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido na residência do suspeito, localizada no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na região metropolitana da capital potiguar.

“É lamentável. Estamos tristes por este desvio de conduta. Posso adiantar que a Polícia Militar irá contribuir de todas as maneiras com as investigações. Internamente, já ordenei abertura de um procedimento para também apurarmos este fato”, comentou o coronel Francisco Araújo Silva, comandante geral da PM no estado.
Fonte: G1.glob.com/rn

Nenhum comentário:

Postar um comentário