quinta-feira, 11 de julho de 2013

CANGUARETAMA: MP INVESTIGA SUPOSTA IRREGULARIDADE EM CONCURSO PÚBLICO



O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Canguaretama, instaurou Inquérito Civil de nº 025/2013-PmJCC, para investigar o Município de Canguaretama e a Acaplam – Consultoria e Assessoria Técnica a Estados e Municípios Ltda, com o objetivo de apurar suposta irregularidade na avaliação de títulos e escolaridade de candidatos que prestaram concurso público realizado em 2011. 

A suspeita é que o concurso regido pelo Edital nº 001/2011 possua irregularidades em relação aos cargos de professor de ensino religioso, professor de inglês e psicólogo.

A Promotoria de Justiça pede à Prefeitura Municipal, no prazo de quinze dias, a relação dos candidatos aprovados nos respectivos cargos, com nomeação e posse, além da lista de documentos apresentados pelos candidatos nomeados.

À consultoria Acaplam pede-se, no mesmo prazo, o envio de cópia dos gabaritos e títulos apresentados, bem como a respectiva avaliação da prova escrita e da prova de títulos do concurso.


Por Diretoria de Comunicação do MP/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário