domingo, 25 de agosto de 2013

INTOLERÂNCIA: FATO LAMENTÁVEL OCORREU NA MATERNIDADE DE RIACHO DA CRUZ


O nosso blog tomou conhecimento de que no Hospital Maternidade de Riacho da Cruz, uma funcionária que estava tirando seu plantão, conforme a escala de serviço daquela unidade hospitalar, e exercendo sua atividade profissional, quando foi desacatada por um cidadão pelo simples fato de não pertencer ao atual grupo político do qual o mesmo faz parte.

Segundo a funcionária, tinha naquela unidade um paciente o qual o médico que presta serviço no hospital havia internado, e, na ocasião o médico veio avalia-lo, sendo que na madrugada anterior tinha dado entrada no hospital um paciente com fortes dores e estava em observação, e o enfermeiro com um gesto de profissionalismo pediu ao médico que se possível avaliasse o quadro de saúde do paciente.

Foi nesse momento em que o cidadão que acompanhava o médico esbravejou dizendo que era o dia de lazer do médico e não era dia de consultas, mas o cidadão acompanhou o médico e quando visualizou o paciente disse “um bacurau cacado que merece morrer”. Nesse momento a funcionária interveio e disse “senhor não faça isso, ele (o paciente) é ser humano.

Segundo a funcionária o então cidadão desferiu várias palavras de baixo calão contra a mesma, lhe disse ainda que ela também era bacurau e só parou com os palavrões após ser retirado do recinto pele médico e ainda não contente com o desacato a nobre funcionária lhe fez um gesto obsceno deixando-a sem reação e sem entender o motivo de tanta agressão contra si.


OBS. Como nosso blog é acessado em vários Estados da Federação, bacurau aqui no RN é todo e qualquer cidadão militante ou simpatizante do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Nota: Nosso blog está aberto a todo e qualquer cidadão que deseje contradizer qualquer matéria publicada neste veículo imparcial de informações.
E-mail: a.adrianofp@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário