quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

MP APURA USO INDEVIDO DE CARROS DE POLÍCIA PARA FINS PARTICULARES NO RN

Promotor recomendou que Secretaria de Segurança iniba o mau uso. Diligências ou operações de caráter sigilosos estão fora da recomendação.

 O Ministério Público do Rio Grande do Norte apurar o uso indevido de carros oficiais por policiais civis e militares para fins particulares. O promotor de Justiça Leonardo Cartaxo Trigueiro recomendou que o secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Aldair da Rocha, iniba o uso dos carros de polícia "para fins diversos à prestação do serviço público". A recomendação foi publicada na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Cartaxo, na recomendação, diz que a medida deve ser cumprida por servidores das Polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros e do Instituro Técnico e Científico de Polícia (Itep). Ele pede que sejam adotados "meios eficazes de controle de deslocamento, assegurando a comunicação prévia à chefia imediata".

Ainda no documento, o promotor público diz que diligências ou operações de caráter sigilosos não se enquadram na recomendação. Leonardo Cartaxo deu prazo de 10 dias para o secretário Aldair da Rocha informar as providências adotadas.


Ao G1, o secretário Aldair da Rocha disse que a recomendação já é cumprida pela Sesed. "Essa recomendaçõa já faz parte do estatuto da Polícia Civil. A Secretaria de Segurança já a cumpre", falou.
Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário