terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL MANTÉM CASSAÇÃO E AFASTAMENTO DE CLÁUDIA REGINA

A situação da prefeita afastada de Mossoró se complicou nesta terça-feira (11). Tentando voltar ao cargo desde o final do ano passado, quando foi condenada por abuso de poder econômico durante a campanha nas eleições 2012, Cláudia Regina (DEM) teve a sentença da primeira instância mantida pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na tarde de hoje.

A nova derrota foi pelo placar de quatro votos favoráveis a manutenção da sentença e apenas um voto contrário, o do juiz Carlo Virgílio. Votaram contra a prefeita afastada Verlano Medeiros, Eduardo Guimarães, Paulo Sérgio e Artur Cortez. No processo de hoje, Cláudia Regina foi condenada por erros na prestação de contas referente as eleições de 2012.

A votação de hoje foi apenas a confirmação de mais uma sentença desfavorável à prefeita afastada. Esse julgamento já havia sido adiado por um pedido de vistas do juiz Carlo Virgílio, quando a votação se encontrava em quatro a zero contra ela. Juntando as condenações em primeira e segunda instância, as condenações de Cláudia Regina já ultrapassam 15.


Recursos
Mesmo mantida fora da Prefeitura, Cláudia Regina ainda sonha com a volta à cadeira de chefe do Executivo municipal com base nas liminares que conseguiu junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para anular as eleições suplementares. Por outro lado, esse ano é eleitoral e o TSE pode voltar suas prioridades a processos que envolvam as eleições 2014, fazendo adiar o sonho da prefeita. A equipe de reportagem tentou contato com os advogados que fazem a defesa da democrata. Caso consiga liminar no TSE, ela pode retornar ao cargo, mas também depende da interpretação quanto as outras condenações que tem em segunda instância.
Fonte: Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário