domingo, 21 de abril de 2013

21 DE ABRIL: TIRADENTES FOI ENFORCADO POR LUTAR PELA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Reprodução
Tiradente: o maátire da independência

O dia 21 de abril é feriado nacional. Trata-se de uma homenagem que o Brasil presta ao sacrifício de Joaquim José da Silva Xavier, que foi (usado como bode expiatório) enforcado e esquartejado, a 21 de abril de 1792, devido a seu envolvimento com a Inconfidência Mineira - um dos primeiros movimentos organizados pelos habitantes do território brasileiro, no sentido de conseguir a independência do país em relação a Portugal.

Pobre, somente o Tiradentes, que era um simples alferes (cargo militar semelhante ao de tenente), e que tinha esse apelido por exercer também o ofício de dentista. Entretanto, era ele quem saía às ruas, procurando conquistar a adesão do povo ao movimento. Resultado, durante o julgamento, todos os que tinham posses (riquezas) conseguiram escapar da pena máxima (morte pela forca), trocando-a pela prisão ou pelo exílio.
Quanto a Tiradentes, acabou condenado à morte e ao esquartejamento, para que as partes de seu corpo ficassem expostas ao público, de modo a desencorajar outras tentativas de rebelião. Executado como um criminoso, Tiradentes se transformou no primeiro herói brasileiro, logo após a nossa Independência, em 1822.

Nota: Esse relato sobre a vida de Tiradente nos leva a concluir mais uma vez que no Brasil quem tem posses dificilmente será atingido pela nosso ordenamento jurídico. Faço aqui das palavras desses programas sensacionalistas de TV que dizem: prisão no Brasil é para três P, (Preto, Puta e Pobre).
Tiradente, usado como bode expiatório da elite do Brasil colonia  


Nenhum comentário:

Postar um comentário