segunda-feira, 14 de julho de 2014

ADVOGADO É PRESO COM ESPADA NINJA

Homem de 36 anos tirou espada da bainha quando foi abordado. Caso foi levado para a 12ª DP, em Copacabana.

Policiais da 12ª DP, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, se viram com um caso curioso em meio a tantas ocorrências diferentes no último dia de Copa do Mundo no Rio de Janeiro: um advogado de 36 anos, Eduardo Torreão da Costa, foi preso após ser abordado com uma espada samurai. Segundo os PMs que participaram da ação, ele teria tirado o objeto da bainha ao ser abordado por policiais quando andava de bicicleta com a mulher na orla de Copacabana. O advogado, porém, nega.

"Que fique claro que não saquei nada contra policial. Até ofereci [a espada] para que apreendessem e me liberassem, mas não. Insistiram em me levar para a delegacia". Em nota, a Polícia Civil informou que ele foi detido pelo crime de resistência. Torreão disse ainda que foi agredido dentro da viatura e que chegou à delegacia com escoriações nos braços.

Ao chegar na delegacia, Eduardo dizia que era atleta e que a espada não possuía nenhum poder de corte. "Isso aí não corta nem pedaço de papel", alegou ele, alternando entre frases ditas em português e inglês.


Sua mulher, Kayti Torreão, afirmou que ele havia saído de casa de bicicleta com a espada às costas por precaução. "Ele estava com medo de ser agredido pelos torcedores argentinos", argumentou ela.

"Quando eu fui abordá-lo, ele retirou a espada das costas. Aí, não tive outra alternativa", disse o policial militar que fez a abordagem ao advogado. A delegada titular da 12ª DP não foi encontrada para dar mais detalhes sobre o caso. Posteriormente, ele foi levado para a delegacia de Botafogo, também na Zona Sul.

Entre em contato!
a.adrianofp@gmail.com
Do G1/RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário