segunda-feira, 2 de julho de 2012

SARGENTO PM É BALEADO APÓS TENTAR ASSALTAR SOLDADO NO ALECRIM

Coronel Araújo 

Uma ocorrência inusitada foi registrada na madrugada deste domingo (1), na Avenida 9, no bairro do Alecrim, zona Oeste de Natal. Um sargento da polícia Militar foi baleado ao tentar assaltar um soldado também da PM, no momento que o jovem deixava a namorada em casa.

De acordo com o Tenente Coronel Alarico Azevedo, sub comandante do policiamento metropolitano, por volta das 3h, o soldado Diego Gurgel Passos de Molina chegava na casa da namorada, na Avenida 9 , nas proximidades do colégio Sagrada Família, quando foi surpreendido pelo sargento Gustavo Luciano de Oliveira do Nascimento, que chegou com uma faca em uma das mãos anunciando um assalto apontando a arma para o pescoço do colega de farda. Diante da ameaça, a vítima sacou de uma pistola e atirou duas vezes contra o assaltante que foi atingido no rosto e no tórax.

Ainda segundo o oficial, o sargento que é integrante da banda de música da polícia, já responde no Conselho de Disciplina e está preste a ser expulso da corporação. “Ainda não posso afirmar por qual crime o sargento responde no conselho de disciplina, mas tenho conhecimento que ele está para ser expulso”, disse.

A reportagem do PortalBo conversou com o comandante Geral da Polícia Militar do Estado, Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva. Por telefone o Cel. Araújo disse que é lamentável tomar conhecimento de fatos assim e que todos os casos de envolvimento de policiais na prática de crimes são investigados a apurados administrativamente. “ A instituição polícia militar não vai tolerar esse tipo de comportamento de seus profissionais. Toda e qualquer acusação contra um policial é apurada de forma justa como manda a lei”, declarou.

Desde quando assumiu o comando da polícia militar do RN, O Cel. Araújo já assinou 65 termos de expulsão e esse número pode crescer nos próximos meses.

O sargento Gustavo Luciano está hospitalizado no Walfredo Gurgel, onde foi submetido a dois procedimentos cirúrgicos. De acordo com o serviço social daquela unidade hospitalar o sargento não corre risco de morte e deverá receber alta nos próximos dias.
Fonte: CB Heronides

Nenhum comentário:

Postar um comentário