sábado, 21 de janeiro de 2012

INDÍVIDUO DE ALTA PERICULOSIDADE E SEU COMPARSA MORRE EM CONFRONTO ARMADO COM A POLÍCIA NA CIDADE DE BARAÚNA

Júnior Bandido morto na ação policial
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública - CIOSP, registrou duas mortes em confronto com a polícia na cidade de Baraúna, no início da manhã de hoje sábado, 21 de janeiro, onde dois indivíduos fora alvejados e mortos ao reagirem e atirarem na polícia.

O fato ocorreu por volta das 09 horas da manhã, quando o CIOSP foi informado pelo pelotão destacado de Baraúna de que seis elementos estavam reunidos em uma residência na “Rua da Vara” planejando praticar alguns crimes e entre eles estava a intenção de assassinar dois policiais que trabalham na cidade, de posse desta informação o CIOSP enviou uma ewuipe do GTO para dar apoio a guarnição da cidade.

Já na cidade de Baraúna as equipes se reuniram e saíram em comboio para o local onde os meliantes estavam reunidos, ao avistarem a polícia o bando tentou fugir pelos fundos da residência, mas não contavam que também a polícia tinha cercado o local, ouve então o confronto armado onde vários disparos foram feitos por parte da polícia e também por parte dos bandidos.

Após alguns minutos de incessante troca de tiros dois elementos foram alvejados e mais quatro deles conseguiram escapar se embrenhando no matagal que fica nos fundos da residência.

As vítimas foram identificadas como sendo Francisco das Chagas Pereira de 40 anos vulgo “Chaguinha” e o segundo elemento foi identificado como sendo Francisco Acelino Barbosa Júnior vulgo “Júnior Bandido” que respondia por vários crimes tanto em Mossoró como no Ceará.

“Júnior Bandido” como era conhecido Acelino há algum tempo tinha se tornado o terror do bairro Ouro Negro em Mossoró, onde mantinha sobre o seu comando o tráfico de drogas e também prática de assaltos na área e ameaçando comerciante do bairro, era o verdadeiro terror daquela área.

No interior da casa onde os meliantes estavam escondidos foram encontrados duas escopetas calibre 12, sendo uma de repetição, 10 cartuchos de calibre 12 intactas com 08 cartuchos deflagrados, uma pistola. 380 com dois carregadores com 11 munições intactas, 15 munições de cal. 38 intactas, 490g de maconha, 30g de crack, uma balança de precisão, uma faca, dois celulares e um rádio amador HT na freqüência da polícia.

De acordo com o comandante do pelotão o Tenente Luiz Almeida, por diversas vezes já tinha tentado neutralizar as ações do tráfico comandada por “Júnior Bandido” mas não tinha obtido êxito na prisão do meliante, sendo que desta vez o mesmo foi alvejado ao reagir atirando na polícia, mesmo não sendo a intenção da polícia abater ninguém, mas a ação foi necessária tendo em vista a injusta agressão praticada contra os policiais.

Após os levantamentos periciais o ITEP fez a condução dos corpos para a sede pericial em Mossoró, (para ver mais fotos click em mais informações).
 Por Antônio Adriano



Fotos: Passando na Hora


Nenhum comentário:

Postar um comentário