quarta-feira, 22 de maio de 2013

VEREADORES RIACHOCRUZENSES AGUARDAM POSICIONAMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO SOBRE DENUNCIA



Os vereadores oposicionistas de Riacho da Cruz, Edmilson Cavalcante e Jackson Freitas, ainda não tiveram uma resposta por parte do Ministério Publico, promotoria de Portalegre, sobre aceitação ou não da denúncia por prática desnecessária feita sobre a forma de como os medicamentos da farmácia básica do Governo Federal estavam sendo distribuídos aos cidadãos riachocruzenses após receitados por médicos do centro de saúde.

Segundo os vereadores, a promotoria portalegrense até hoje não deu uma resposta aos mesmos no que diz respeito a formalização da denúncia, sendo que já se passaram quase um mês da protocolação junto aquela respeitável instituição. Ainda de acordo com os vereadores, a prefeitura emitiu uma nota de esclarecimento informando que a lei não deixou de ser cumprida por aquele órgão, porém, Edmilson e Jackson aguardam um posicionamento do Ministério Público, já que, segundo os vereadores, cabe ao Ministério Público, como fiscal da lei, averiguar toda e qualquer denúncia que chegue a esse órgão.

Para relembrar matéria em que os vereadores fazem a denúncia ao Ministério Público Clique Aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário