sábado, 15 de junho de 2013

CLIENTE ESPERA UMA HORA POR ATENDIMENTO EM BANCO E É INDENIZADO

O Banco do Brasil foi condenado a indenizar uma cliente em R$ 6 mil, por danos morais, após fazê-la esperar uma hora por atendimento. A decisão é da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cível e Criminal. O relator, juiz João Afonso Morais Pordeus, concedeu 15 dias para cumprimento da decisão, sob pena de multa de 10% sobre o valor total da condenação.

A autora é moradora da capital e alegou que no dia 29 de dezembro de 2011 foi até uma agência da instituição bancária, chegando às 11h e que só conseguiu tirar sua ficha às 11h24. Logo após, teve que enfrentar nova fila, em pé, para que fosse atendida, o que aconteceu apenas as 13h49, ou seja, muito mais de uma hora após sua entrada na agência. Sentindo-se ofendida e desrespeitada, pugnou indenização por danos morais.

O Banco do Brasil argumentou que não há ato ilícito e que agiu dentro do cumprimento dos deveres. Mas o magistrado entendeu que era necessário considerar a condição econômica das partes, além de vislumbrar a efetividade do caráter pedagógico da mesma. “Para que a recorrida tenha como meta a correção das distorções visando o melhor atendimento dos usuários dos serviços bancários, entendo como justo e necessário condená-la a pagar a indenização”, observou o magistrado.

(Recurso Cível Virtual nº 0011854-39.2012.820.0001)
Do TJ/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário