terça-feira, 3 de dezembro de 2013

GARIBALDI DEIXA PASSADO PARA TRÁS E DEFENDE ALIANÇA COM A EX-GOVERNADORA WILMA DE FARIA.



O recente passado de desavença política com a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) foi deixado para trás abertamente pelo senador Garibaldi Filho ontem (02), quando em entrevista a imprensa de Natal, defendeu uma aliança com a mulher que lhe impôs a única derrota de sua carreira política, em 2006. Indagado sobre uma composição com Wilma, Garibaldi acha que é viável, embora tenha admitido que oPMDB busca fazer a mais ampla aliança possível, sem discriminar ninguém.

A movimentação do senador em direção ao grupo da ex-governadora já vinha sido percebida. Na semana passada, por exemplo, ele teve a cortesia de convidar a deputada Márcia Maia (PSB), filha de Wilma, para se fazer presente na inauguração de uma agência da Previdência Social em Monte Alegre. Garibaldi Filho e a ex-governadora Wilma de Faria são os pré-candidatos que melhor pontuaram até agora em todas as mensurações estatísticas do pleito de 2014.

Ao mesmo tempo em que sinaliza aproximação com o PSB, o senador Garibaldi Filho não se esquece do PT, com o qual o PMDB forma o consórcio que administra o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional. No plano local, a proposta que se desenha é de ter em uma mesma chapa PMDB, PT e PSB. O Partido dos Trabalhadores já avisou que o projeto no Rio Grande do Norte é o Senado. Assim, ganha força a proposta de ter a deputada federal Fátima Bezerra candidata ao Senado, enquanto a ex-governadora Wilma de Faria disputa a Câmara Federal, garantindo votos suficientes, inclusive, para eleger, pelo sistema de coeficiente eleitoral, mais candidatos
Fonte: Estudantes do RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário