sexta-feira, 7 de outubro de 2011

JOVEM FOI PRESO EM CASA COM ARMA E COLETE BALÍSTICO

Todas as informações foram fornecidas pelo Bacharel Luiz Fernando e o acusado disse ter conhecimento.
  
As imagens foram permitidas pelo próprio Luizinho.

Uma operação conjunta envolvendo investigadores da delegacia de furtos e roubos com apoio de policiais de rádio patrulha da policia militar, prenderam no final da manhã de sexta feira 07 de outubro de 2011, um jovem acusado por vários delitos em Mossoró e toda região oeste e até salineira do estado do RN e ceará.

Expedito Luiz de Carvalho Neto, "Luizinho dos paredões", 18 anos de idade, residente na rua Marechal Floriano no bairro paredões, foi preso em uma residência no loteamento três vinténs nas proximidade do Santa Delmira. Ele estava em companhia de uma adolescente com quem tem uma filhinha de 3 meses de idade.

Com ele os agentes encontraram um revolver calibre 38, 11 munições intactas, um binóculo de longo alcance, relógio, dois celulares e um colete a prova de bala, alem de um tablete de maconha. Luizinho disse que estava armado por tem inimigos e que o colete ele tinha comprado no mercado do vuco vuco por 500 reais. Segundo um agente, um colete custa cerca de 1.500 reais e nem eles possuem esse tipo de colete.

O bacharel Luiz Fernando, comandante da operação informou que nas delegacias de Mossoró existe vários procedimentos em abertos em que "Luizinho" figura como o principal suspeito: Assalto, Trafico de drogas, arrombamentos, tentativas de homicídios e vários homicídios.

Luizinho disse ter conhecimento da acusação, mais que não tem nada a ver com as denuncia, disse ainda que já foi detido por porte ilegal de arma de fogo.

A polícia chegou até a residência onde "Luizinho" estava residindo a cerca de 4 meses, graças a uma denuncia anônima. O rapaz quando percebeu que a residência estava cercada saiu com a filhinha nos braços e se entregou a policia.

Luizinho foi conduzido para a delegacia de furtos e roubos em companhia da esposa e outro adolescente que estava na residência e sua companhia.

O delegado informou que agora com a prisão do acusado, será possível concluir alguns procedimentos que se encontram parados.
Fonte: O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário