sábado, 22 de outubro de 2011

GOVERNO RECEBE NOVA PROPOSTA DAS ASSOCIAÇÕES MILITARES

Uma das propostas apresentadas prevê um reajuste a partir de junho do ano que vem com subsídio para o Coronel de R$ 11.300,00.

Na sexta rodada de negociação com as Associações de Policiais e Bombeiros Militares com o Secretário de Estado de Administração e dos Recursos Humanos, Anselmo Carvalho, ocorrida nesta sexta-feira (21), a proposta anterior apresentada pelo Governo foi rejeitada pela categoria que apresentou uma nova.

A proposta do Governo contemplava um reajuste a partir de fevereiro de 2012 e outro em junho, com um impacto nas contas de R$ 130 milhões de reais além de recuperar o valor do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, PRONASCI. A das Associações tinha um impacto maior, chegando a R$ 206 milhões, que não foi aceita considerando os índices fiscais do estado, o valor representa hoje 3,7% da receita corrente.

Na nova proposta apresentada pela Categoria Militar prevê um reajuste a partir de junho do ano que vem com subsídio para o Coronel de R$ 11.300,00, e demais patentes escalonadas em porcentagens a partir desse subsídio, começando pelo Soldado em 20%, Cabo 25%, 3º Sargento 30%, 2º Sargento 35%, 1º Sargento 40%, Subtenente 50%, 2º Tenente 55%, 1º Tenente 60%, Capitão 70%, Major 80%, Tenente-Coronel 90%. As Associações também pedem o envio para a Assembléia Legislativa a Lei de Promoções de Praças, o Código de Ética além da Lei do Subsídio.

"Iremos fazer uma análise do impacto dessa nova proposta apresentada pelas Associações nas contas do governo, conversar com a Governadora Rosalba Ciarlini, e logo depois no reunirmos para dar uma resposta concreta sobre o pleito", disse Anselmo Carvalho.

"Foi uma reunião democrática, franca e com diálogo aberto. A nova proposta das Associações será analisada e na próxima reunião esperamos encontrar um denominador comum", falou o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Araújo.

"Na negociação houve uma nova proposta das Associações que será analisada pelo Governo com a possibilidade de chegarmos há um bom termo", analisou também o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Elizeu Dantas.
Fonte: nominuto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário