quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PMs E BMs DO RN DECEPCIONADOS COM POSTURA DO GOVERNO

As Associações Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte vêm por meio deste expediente comunicar a toda a sociedade norte-riograndense que o Governo do Estado NÃO CUMPRIU com sua parte do acordo negociado.

Desde o início de Junho que as entidades levaram a pauta de reivindicações ao Governo, inicialmente levando ao conhecimento dos Comandos, posteriormente ao Secretário de Segurança Publica e finalmente ao então Secretário da Administração José Anselmo de Carvalho Júnior.

Ao longo de 7 reuniões a proposta salarial foi exaustivamente discutida. Os Policiais Militares e Bombeiros Militares foram pacientes, ordeiros e responsáveis durante todo o processo de negociação. O Secretário em várias oportunidades foi desrespeitoso e minimizou a importância da negociação salarial até que finalmente, dia 1 de novembro chegou-se ao acordo da transformação da remuneração dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte em Subsídio, com a definição dos índices do escalonamento vertical e com os valores definidos em R$ 11.000,00 para o Coronel e R$ 2.200,00 para o Soldado, com efeitos financeiros a partir do mês de Julho de 2012.

Naquele momento o já Secretário Chefe do Gabinete Civil José Anselmo de Carvalho Júnior, disse com todas as letras, que o texto iria para a Assembléia Legislativa como mensagem governamental na semana seguinte.

O fato é que o tempo passou, o prazo para apresentação de emendas ao orçamento se extinguiu dia 22 de novembro, entrou o mês de dezembro e o texto não chegou à ALRN.

Na última semana as Associações Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares procuraram o Governo, tentaram conversar com o Secretário Chefe do Gabinete Civil e a informação é que o processo com o anteprojeto de lei do Subsídio teria sido novamente remetido à Consultoria Geral do Estado.

Mais uma vez o Governo do Estado negligencia o trato com o servidor publico e “esquece” dos compromissos assumidos na mesa de negociação.

A diferença desta vez é que a PACIÊNCIA acabou.

O Governo tem até o dia 6 de dezembro para enviar o projeto de lei do subsídio para a Assembléia Legislativa de modo que seja possível ainda, a inclusão na previsão orçamentária para o ano de 2012.

Diante dos fatos aqui apresentados CONVOCAMOS todos os Policiais Militares e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte, para uma ASSEMBLÉIA GERAL UNIFICADA, dia 7 de dezembro, a partir das 8:00 Horas na Praça 7 de Setembro. Em frente a Assembléia Legislativa do RN.

Fonte: Assessoria de Imprensa da ASSPMBM-RN, via blog do cabo Heronides

Nenhum comentário:

Postar um comentário