sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

POLÍCIA DO RIO DE JANEIRO DESMANTELA ESQUEMA DE FERNANDINHO BEIRA-MAR

Traficante "lavou" cerca de 62 milhões de reais, em 2010, de dentro do Presídio Federal de Mossoró.


A Polícia Civil do Rio de Janeiro desmantelou nessa quinta-feira (1), um esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo traficante Fernandinho Beira-Mar, de dentro do Presídio Federal de Mossoró.

De acordo com o Núcleo de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil carioca (NUCC-LD) o esquema movimentou cerca de 62 milhões de reais, em 2010.
Vinte (20) mandados de prisão e outros 24 de busca e apreensão foram cumpridos, simultaneamente, no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Minas Gerais, no Mato Grosso do Sul e no Paraná. 

Preso, o traficante enviava bilhetes e repassava informações a pessoas cadastradas para visitá-lo no presídio, para que estes orientassem em quais empresas os cariocas deveriam depositar o dinheiro arrecadado com a venda da droga. As empresas não tinham sede no Rio de Janeiro, e algumas nem existiam.

Para não levantar suspeita, os depósitos eram feitos em pequenas quantias, em agências da Penha, de Bonsucesso e de Inhaúma, todos bairros cariocas. As empresas ficavam com um percentual do valor depositado e fracionavam o restante em diversas outras contas.
Lavado, o dinheiro voltava para os criminosos cariocas e era usado na compra de armas e drogas no exterior.
A
o todo, 110 pessoas participavam do esquema, incluindo moradores do Complexo do Alemão que realizavam os depósitos bancários, mas de acordo com o delegado Flávio Porto, só foram feitos os pedidos de prisão de membros da liderança do grupo.
Fonte: nominuto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário