sábado, 8 de março de 2014

SUSPEITO DE MATAR MILITAR DA RESERVA É PRESO NA GRANDE NATAL

Prisão ocorreu nesta sexta em apartamento no bairro de Nova Parnamirim. Militar foi assassinado em 7 de fevereiro após reagir a um assalto.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu na noite desta sexta-feira (7) um homem suspeito de matar o militar da reserva Severino da Fonseca Dantas, de 74 anos, assassinado após reagir a um assalto no dia 7 de fevereiro na zona Sul de Natal. O suspeito foi localizado em um apartamento no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. Além dele, outro homem também foi preso. Duas pistolas ponto 40 foram apreendidas no local.

O crime
O assassinato do militar aconteceu na porta de uma loja na rua Kerginaldo Cavalcante, no bairro de Nova Descoberta. O assaltante, ainda não identificado, tentava roubar o veículo tipo Corolla de propriedade do idoso. Segundo a polícia, o criminoso chegou em um outro carro, um Celta, com um comparsa. Ele desceu do veículo e tomou as chaves do carro da mão de Severino Dantas.

Ainda de acordo com a polícia, ao tentar ligar o veículo, o alarme disparou e, com isso, o suspeito saiu do carro. Neste momento, o militar da reserva teria atirado contra o assaltante. O suspeito revidou, atirando seis vezes. Um dos disparos atingiu a vítima, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital. A dupla suspeita fugiu e está sendo procurada pela polícia.


Segundo a polícia do Rio Grande do Norte, há dois anos Severino da Fonseca já tinha reagido a um outro assalto, na padaria a qual era proprietário, chegando a ser baleado também.
Do G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário