quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

CORONEL MENDONÇA PEDE EXONERAÇÃO DO CARGO DE DIRETOR DO PRESÍDIO DE ALCAÇUZ

Tenente-coronel Mendonça pediu exoneração do cargo ontem
Coronel Mendonça (a frente) sendo escoltado por policias do Batalhão de Choque

O tenente-coronel da Polícia Militar Zacarias Mendonça, que estava à frente da Prenitenciária Estadual de Alcaçuz, pediu a exoneração do cargo na tarde desta quarta-feira (23). Mendonça alegou não ter se adaptado ao comando da unidade prisional, por estar acostumado com o trabalho da polícia de rua, como realizava à frente do 4º Batalhão da PM, antes de assumir a diretoria de Alcaçuz. Com a saída do coronel, o major PM Francisco de Assis Ferreira dos Santos, atual vice-diretor, assume interinamente a chefia da unidade prisional.

O pedido foi feito ao coordenador da Administração Penitenciária, coronel Severino Gomes dos Reis, durante conversa na tarde de ontem. Segundo Mendonça, a decisão é irrevogável. O ex-diretor diz que a experiência lhe trouxe aprendizado na área de segurança, mas afirma que há mudanças a serem feitas no presídio.

O coronel Mendonça havia informado que caso essas mudanças não fossem realizadas em um mês, ele deixaria o cargo. De toda forma, Mendonça diz que  não foi isso que ocasionou a sua saída da direção da penitenciária. "Tudo o que estava ao alcance da Sejuc foi feito", afirmou.

O coronel Zacarias Mendonça estava à frente da unidade desde o dia 22 do mês passado. Ele substituiu o major Marcos Lisboa após a maior fuga da história da unidade, quando de 41 detentos escaparam, no dia 21 de janeiro.
Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário