sábado, 9 de julho de 2011

POLICIAIS CIVIS NÃO ACEITAM PROPOSTA DO GOVERNO E GREVE CONTINUA

Os policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram na tarde desta sexta-feira (8), em assembleia extraordinária, pela continuidade da greve da categoria, que já se estende há 51 dias. 

Reunidos para avaliar o ofício enviado pelo Governo do Estado, os agentes e escrivães não concordaram com a oferta do Executivo, que, de acordo com o Sinpol, contemplava apenas a questão do enquadramento do Plano de Cargos Carreiras e Salários dos trabalhadores, que seria pago em quatro parcelas entre setembro e dezembro deste ano.
 
"Certamente houve um avanço nas negociações salariais, entretanto, o Governo não colocou em pauta as outras reivindicações. Por esta razão, vamos dar continuidade ao movimento até que o Estado apresente solução para todos os nossos pleitos", disse o diretor de comunicação do Sinpol, Erivan Fernandes. De acordo com ele, reivindicações importantes da categoria, tais como a convocação de concursados, melhoria das condições de trabalho e pagamento de vale transportes, foram preteridas nesta etapa da negociação.

Apesar de frustrada, observa o diretor, a categoria continua aberta ao diálogo e aguarda, agora, o envio de um novo documento por parte do Governo, com os pormenores da proposta para cada ponto reivindicado. "Estamos receptivos e nos comprometemos a avaliar prontamente o detalhamento corrigido, onde a pauta seja tratada por completo", comentou, acrescentando que a categoria tem o interesse de encerrar a paralisação o mais rápido possível.

Fonte: tribuna do norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário